Saiba como é a assessoria de imprensa em outros países

Tempo de leitura: 3 minutos

Assim como todas as carreiras e áreas, a assessoria de imprensa também tem algumas particularidades. Geralmente, o Brasil ainda não é o pioneiro na área da comunicação, apesar de estar no mesmo nível de importantes países.

Para quem ainda não sabe, a assessoria de imprensa surgiu por conta de uma necessidade de empresários americanos. Rockefeller foi o primeiro que adotou esse serviço, pois precisava melhorar a sua imagem.

Funcionou! As empresas perceberam que não bastava ter um relacionamento amigável com jornalistas. Era preciso oferecer a eles pautas positivas e ter alguém que soubesse fazer a ponte. Afinal, muitos empresários não sabiam — e ainda não sabem muito bem — como lidar com a imprensa, até porque estão dedicados a outras tarefas.

Saiba um pouco sobre como esse serviço é realizado fora do Brasil, sobretudo nos Estados Unidos — berço da assessoria!

Relações públicas

No Brasil, boa parte dos assessores de imprensa têm formação em jornalismo. Isso ocorre principalmente porque eles vislumbram oportunidades melhores em agências do que na mídia tradicional.

Por outro lado, em outros países, a posição de assessor é majoritariamente ocupada por Relações Públicas. Em algumas localidades, um jornalista atuar como assessor e vice-versa nem é vista com bons olhos.

Na prática, as duas áreas têm bastante em comum. Como aqui os assessores, geralmente, têm experiência em jornalismo, eles entendem melhor desse segmento e, por isso, sabem lidar melhor com ele.

Tamanho das informações

No Brasil, ainda não é comum que as empresas oferecem diversas informações à imprensa. Nos Estados Unidos, isso já é bastante comum. Além do tradicional release, que costuma abordar o assunto superficialmente, os assessores gostam de enviar materiais completos aos jornalistas.

Os veículos de imprensa também podem consultar informações nos sites das empresas. Muitas têm até uma página específica para a mídia com textos, arquivos multimídias e fotos. Assim, o jornalista não tem dificuldade de encontrar informação e pode desenvolver um texto bastante rico.

Influenciadores

Aqui eles estão começando a ganhar força. Mas em países da Europa e dos Estados Unidos eles já são peça-chave das estratégias de assessoria de imprensa. Os influenciadores digitais ajudam a divulgar produtos, marcas, eventos e informações, tornando a comunicação com o público muito mais dinâmica.

Na MGA Press, nós já adotamos esse método para divulgar, engajar e aumentar as vendas dos nossos clientes. Afinal, a informação não está apenas nos jornais e revistas, não é mesmo? Cada vez mais, as redes sociais ganham importância como um verdadeiro noticiário para os usuários.

Equipe

Lá fora não é muito comum você encontrar agências de comunicação. Na cultura internacional, o assessor costuma trabalhar lado a lado da empresa, acompanhando a rotina para quem presta serviço.

Essa imersão completa é excelente para entender a realidade do cliente. Porém, não é a única maneira assertiva de fazer comunicação. Também é possível alcançar ótimos resultados contratando uma agência de assessoria externa, desde que ela tenha experiência nisso.

Quer saber mais sobre o trabalho da MGA Press? Continue nos acompanhando nas redes sociais. E agende já um bate-papo conosco!

Deixe Seu Comentário

Comentários