6 Ferramentas de marketing na área da saúde em 2020

Tempo de leitura: 7 minutos

A transformação digital é um tema que vem sendo falado com bastante frequência no mundo atual, atravessando diversos setores econômicos, sendo um deles a saúde. O marketing em serviços de saúde é um enorme desafio devido a sua complexidade, concorrência acirrada e especificidades. 

Para superar essa barreira, o marketing tradicional por si só já não é a melhor alternativa, é preciso “chamar reforços” no marketing digital e suas ferramentas. 

Foi pensando nisso que a MGA Press desenvolveu uma lista com as 5 principais tendências no marketing de saúde para 2020. 

Entretanto, é importante enfatizar que elas não estão priorizadas por ordem ou sequência em que devem ser consideradas. Trata-se apenas de uma listagem dentre muitas outras práticas apontadas por especialistas como inovações importantes para esse ano.

As 6 ferramentas de marketing na saúde

As principais tendências incluem CRM, Big Data, Inteligência Artificial e Machine Learning, Telemedicina e assistentes virtuais. Confira abaixo uma descrição detalhada de cada uma delas. 

  1. CRM

Um dos mais importantes relacionamentos na saúde é a relação médico-paciente, onde o prestador de serviço deve criar empatia com o paciente e entender bem as suas necessidades e não apenas fornecer informações quanto aos sintomas. 

Dentre os 6 objetivos do marketing de relacionamento, base do CRM, está o papel do cliente individual no processo de co geração de valor que ele tem com o prestador de serviços. Ou seja, o cliente auxilia a empresa a fornecer o pacote de serviços que ele acredita ser essencial.

Isso apenas reforça ainda mais o papel do CRM para personalizar a informação ao cliente, com processos simplificados e eficazes para atender cada caso. Além do mais, há ainda a facilidade de acesso e mensuração de resultados de modo a melhorar continuamente esta relação.

2. Assessoria de imprensa

De todas as ferramentas de marketing em serviços de saúde que estão sendo apresentadas nesse texto e que já são utilizadas no mercado, a assessoria de imprensa pode até mesmo surpreender por estar nessa lista. Mas, a verdade é que esse tipo de ferramenta é e sempre vai ser atual. 

Uma assessoria de imprensa de qualidade traz inúmeros benefícios para os negócios assim como aumento da notoriedade de marca, reconhecimento de marca, autoridade, engajamento e mais clientes. 

Nós mesmos, na MGA Press, temos diversos casos de sucesso na implementação de assessoria de imprensa para saúde. 

O Fleurity Coletor Menstrual, por exemplo, foi um dos clientes que aumentou sensivelmente a sua notoriedade através de uma ampla cobertura de mídia feita por nossos profissionais qualificados.

3.  Big Data

Em tempos de grande evolução tecnológica como esses em que estamos vivendo, o volume de dados e informações armazenadas em nuvem cresce assustadoramente. Assim como os dados fornecidos e gerenciados por bancos de dados no mundo inteiro e a todo momento, é de suma importância filtrar e analisar bem essas informações.

No marketing em serviços de saúde, é vital separar e classificar aquelas informações mais relevantes. Esta separação permite uma segmentação mais adequada, e consequentemente um atendimento personalizado, tal e qual um sistema apropriado de CRM.

As oportunidades nesse sentido são muitas. Ao baixar ou utilizar um aplicativo específico de saúde, por exemplo, fornecemos informações muito valiosas ao marketing. Tais dados, quando ponderados de acordo com as leis de proteção de dados, podem auxiliar na segmentação de acordo com as necessidades de cada paciente. 

4.Inteligência Artificial e Machine Learning

Apesar de ser tratada como a grande inovação da atualidade, a Inteligência artificial e o machine learning já tem sido fortemente utilizado em vários setores como a saúde. No entanto, sua tendência de crescimento nos próximos anos continua a ser forte.

Dentre os benefícios de se utilizar a inteligência artificial, está a robotização e padronização nos atendimentos. Isso pode ser feito através de um sistema de CRM, como mencionado no item 1, e quando implementados permitem que os funcionários atendam os pacientes de forma humanizada e com sabedoria. 

Segundo Paul Cerrato, jornalista médico e pesquisador Norte Americano, outro grande benefício da inteligência artificial é o suporte no diagnóstico. Essa possibilidade de utilização iria reduzir drasticamente o número de diagnósticos errados, o que consequentemente acaba estabelecendo condições melhores para assertividade no tratamento. 

Essa melhora em diagnósticos baseados em IA, também foi confirmada em recente relatório de previsões até 2038 da Singularity University. Esse mesmo documento evidencia ainda que em 2020 recomendações terapêuticas serão usadas em centros médicos Americanos.

No entanto, Paul ainda afirma que há muito caminho a se percorrer até chegarmos a esse alto nível de aplicabilidade da inteligência artificial e machine learning. O que essa tecnologia, que já existe e é utilizada nos EUA, nos mostra é a grande gama de possibilidades que essas tecnologias nos trazem.

5.Telemedicina

A telemedicina já vem sendo largamente utilizada por algumas clínicas de saúde e promete ser uma prática ainda mais comum. O marketing em serviços de saúde é um grande aliado nessa atividade, pois facilita as relações médico-paciente e traz qualidade no atendimento.

Essa tendência está bem adequada a sociedade atual, onde a tecnologia auxiliou na busca por praticidade e conveniência, enquanto oferece novas oportunidades de serviços, principalmente. Nesse sentido, a telemedicina traz a oportunidade de tratamentos à distância, com acompanhamentos feitos de forma digital. 

Outro grande fator de importância na telemedicina é a facilidade em mobilidade, uma vez que pessoas idosas, grávidas ou qualquer outro indivíduo que possua questões impeditivas de acesso a espaços físicos, se privilegiam. 

Tal fato também está estreitamente relacionado com o item anterior sobre a utilização da inteligência artificial no marketing de saúde. Isso ocorre porque com a telemedicina os médicos também podem detectar e corrigir sinais precoces de doenças graves, por exemplo. 

No entanto, especialistas e estudiosos afirmam que para implementar a telemedicina com sucesso, é preciso treinamento técnico e um alto investimento financeiro, o que deve ser bem ponderado. 

6.Assistentes Virtuais

Esta tendência já é uma realidade utilizada por muitas clínicas e hospitais pelo país, mas ainda continua se apresentando como uma grande promessa para 2020. Isso nos traz a tona novamente a relação médico-paciente, pois um sistema automatizado de interação permite um foco maior nas relações humanas.

Além disso, as assistentes virtuais permitem um agendamento rápido de consultas bem como escolha por atendimento personalizado. 

Por outro lado, é importante enfatizar que se você está pensando em colocar um assistente virtual em seu negócio, é preciso cuidado para não automatizar demais e perder o lado humano da coisa. 

7.Tecnologia humanizada

Depois de todas essas tendências apresentadas acima, duas coisas ficam bem claras:

  1. A importância da tecnologia e da transformação digital para o marketing em serviços de saúde;
  2. O foco cada vez mais necessário na relação médico-paciente, tão mal conduzida atualmente;

Não obstante, é interessante observar o papel daquilo que a tecnologia avançada não pode contribuir, as relações humanas. 

Além do mais, pode-se observar claramente como a transformação digital tem um papel fundamental no marketing em serviços de saúde, pois através de um sistema de CRM corretamente implementado, um bom uso do Big data e inteligência artificial aliado a telemedicina e assistentes virtuais o setor de saúde estará com certeza em um caminho evolutivo.

Gostou das tendências apresentadas nesse artigo? Então entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar na implementação dessas boas práticas!

 

Deixe Seu Comentário

Comentários