A assessoria de imprensa na era das redes sociais

Tempo de leitura: 3 minutos

A popularização da redes sociais mudou a forma como encaramos diversas situações. Agora é possível conversar com quem está em outro continente, sem gastar a mais para isso, comentar as notícias assim que elas são publicadas e até começar um relacionamento amoroso.

Para o setor da comunicação, a revolução feita pelas redes sociais também foi avassaladora. Tanto a imprensa quanto as empresas podem estar mais próximas do público e mensurar facilmente o que dá resultado.

Ideias de pautas

Pode-se dizer que a assessoria de imprensa tem muito para aproveitar das redes sociais. As ideias de pautas para os releases são um ótimo exemplo.

Pense o seguinte: ao se expressar na rede, o público demonstra o que gosta e o que não gosta. Mesmo quando não publica uma mensagem em si, o usuário compartilha notícias e curte ou segue páginas.

É o chamado “buzz” da internet. Ou seja, é o burburinho da rede, o que todos estão comentando. Muitas marcas já estão de olho nisso para criar campanhas e se mostrarem antenadas ao universo do público.

No Twitter, quando um assunto é muito discutido, ele entra para os Trend Topics. Além disso, é possível fazer uma busca por palavras-chave para ver quais temas estão em alta.

Vamos supor que uma empresa venda chocolates e tenha uma linguagem mais descontraída, ao observar as brincadeiras da rede, a marca pode criar conteúdos que as relacione. Nesse caso, utilizar a criatividade é o segredo para se destacar, desde que as mensagens sejam direcionadas ao público-alvo.

Novos formatos

Os assessores de imprensa que desejam se destacar nos dias atuais precisam pensar em todas as possibilidades de comunicação. Se antes o release era apenas publicado em jornais e revistas, agora o texto pode ser replicado em redes sociais e atingir ainda mais pessoas.

Há, inclusive, quem já desenvolva conteúdos próprios para essa nova realidade. Empresas estão aproveitando para divulgar vídeos dos eventos que participam, tornando o release ainda mais rico.

O mesmo acontece com as imagens. Os jornalistas não precisam mais postar fotos genéricas, pois grande parte dos assessores ajuda nesse quesito. Lembre-se de que na era das redes sociais, não basta ter um texto bem feito, é preciso ainda dispor de algum recurso visual para chamar a atenção.

Gerenciamento de crise

Durante uma crise corporativa, os assessores podem ajudar a empresa a se reposicionar e voltar a ganhar a confiança do público. Porém, de nada adianta treinar um porta-voz para falar de determinada forma em uma entrevista, se ele se comportar de outra maneira nas redes sociais.

Mais do que o site, que não oferece interação, as redes de uma empresa e/ou seus colaboradores são mais visados. Qualquer passo em falso nesses espaço pode agravar ou gerar uma crise.

Interação com o público

Os usuários das redes sociais não querem apenas se informar e se entreter. Eles também desejam se comunicar — e se comunicam!

Diante disso, a assessoria de imprensa tem como papel observar o comportamento do público nos canais das empresas e desenvolver planos estratégicos. Mesmo nos casos em que a própria companhia responde os clientes, essa interação precisa estar aliada a todo o plano de comunicação.

Oportunidades à vista

Investir em assessoria de imprensa e ignorar completamente o que acontece nas redes sociais é um erro. Tanto os comunicadores quanto as próprias empresas precisam estar atentos a esse universo, especialmente aqui no Brasil.

De acordo com estudo publicado na Forbes Brasil, mais de 93,2 milhões brasileiros utilizam as redes, sendo que até 2020 esse número poderá chegar a 105,2 milhões. Isso faz do país o mais conectado na América Latina.

Portanto, é importante aproveitar esse meio, ao menos, para identificar oportunidades de comunicação e interação com o público. Clientes, empresas e assessores só tem a ganhar.

Quer saber mais sobre o universo da comunicação? Acompanhe o blog e as redes sociais da MGA Press. E entre em contato conosco para saber o que a nossa assessoria pode fazer pelo seu negócio!

Deixe Seu Comentário

Comentários