Como surgiu o marketing de influência

Tempo de leitura: 5 minutos

Quando o assunto é marketing de influência, o primeiro pensamento da maioria é que se trata de uma estratégia para os meios online. Mas será mesmo? Ao contrário do senso comum, o marketing de influência nasceu no universo offline, e a partir daí começou a ser usado na internet para aumentar o alcance.

Se você ainda não tem domínio sobre esse tema, fique tranquilo (a). Nós iremos explicar como essa estratégia tão importante atualmente apareceu, e por que tem sido tão usada nos últimos anos. Você vai perceber que investir em marketing de influência é uma forma de se aproximar do público, valorizando ainda mais o seu produto/serviço.

O começo de tudo

De acordo com alguns estudiosos de comunicação, o marketing de influência já era tratado antes mesmo do seu surgimento efetivo. No livro “The Tipping Point”, o autor Malcolm Gladwell usou termos como “conector” para tratar das pessoas que influenciavam às outras.

Em 2002 foi publicada a obra “The Influentials”, que também trata do poder de convencimento que algumas pessoas e empresas têm em relação às demais. Esses são apenas alguns exemplos de como a ideia do marketing de influência já vinha sendo desenvolvida.

Entre em contato conosco e descubra o que podemos oferecer.

Marketing atualmente

Além do que já foi aprendido com os teóricos da comunicação, atualmente se sabe que o consumidor não é tão passivo como era há alguns anos. Com a popularização da internet, qualquer um que tenha acesso à rede pode expor as suas opiniões a respeito de um serviço ou produto, positiva ou negativamente.

No marketing 3.0 o consumidor é visto como prosumer (união entre produtor e consumidor). Como tem o poder de se comunicar ativamente, os prosumers enxergam isso também na sua rede de contatos, e têm mais facilidade de acreditar no que familiares, amigos e personalidades dizem (e postam) do que na propaganda tradicional.

Segundo pesquisa realizada pela McKinsey Company, até 50% das intenções de compra acontecem por causa do “boca-a-boca”. Ou seja, mais importante do que investir em publicidade e ações diversas, é preciso desenvolver uma boa reputação, capaz de gerar o “buzz” desejado.

Conceito de marketing de influência

Diante disso, podemos dizer que o marketing de influência é uma forma que as empresas têm de atrair e reter o público, a partir do que outras pessoas falam sobre a marca. Portanto, é uma forma ativa de fazer com que os clientes falem sobre a marca, não esperando passivamente que essa ocasião ocorra.

Na prática, o marketing de influência tem a mesma importância que a assessoria de imprensa tradicional. O que muda é o público que irá consumir a informação e o meio em que será publicada. Essa estratégia de comunicação online também envolve pesquisa de pautas (qual serviço/produto merece divulgação?), verificação de oportunidades (qual rede social é melhor nesse momento?) e de personalidades (quem é referência no assunto?).

Vamos supor que você trabalhe com ração para cachorros. Obviamente que fazer a divulgação desse produto com uma musa fitness pode não surtir efeito, a não ser que ela seja reconhecida pelo interesse em pets. Do contrário, é preferível fazer uma parceria com um veterinário, adestrador ou outro profissional do setor, ou ainda desenvolver a estratégia com uma personalidade online, como a cachorra Estopinha.

Mas o público não precisa ser exatamente aquele clássico. Na MGA PRESS, um cliente de funilaria queria aumentar o percentual de mulheres clientes. Então, o time da assessoria levantou influenciadoras mulheres, que postavam fotos com seus carros, e desenvolveu uma ação para que elas conhecessem a rede. O resultado foi bastante satisfatório e gerou leads, engajamento e novos negócios.


Futuro está na comunicação

Não menospreze o poder que as pessoas têm de comunicação atualmente. Um post que pode nascer despretensioso, em questão de minutos, pode se tornar o maior viral de todos os tempos. Na internet, a gente nunca sabe qual será o próximo assunto da moda, e como o público irá se comportar.

Mesmo assim, é possível prever que grande parte do que é veiculado na internet tem impacto direto na percepção das outras pessoas. Também podemos afirmar que os universos online e offline estão intimamente ligados, e o que acontece em um repercute no outro.

Portanto, não basta apenas traçar estratégias para vender os produtos ou serviços. Se você quiser se manter no mercado, se destacando dos concorrentes e fidelizando os clientes, é importante pensar em como a sua marca será percebida. Para isso, é válido contar com diversas estratégias de comunicação, incluindo o marketing de influência, que vem apresentando ótimos resultados e é uma das grandes tendências para o futuro.

Segundo último relatório da Linkia “Influence: Science and Practice”, 92% dos gestores que utilizaram o marketing de influência o consideraram eficaz. Ainda com informações do estudo, entre as redes sociais favoritas deles estão o Instagram (92%) e o Facebook (77%).

Independentemente das preferências individuais em relação às redes de postagem, o que se vê é que grande parte dos empreendedores e comunicadores já entenderam a importância dessa estratégia. E a expectativa é que esse serviço seja cada vez mais requisitado.

A MGA Press também oferece marketing de influência

Entre em contato conosco e descubra o que podemos oferecer.

Deixe Seu Comentário

Comentários